quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Oco...

Vivemos com a certeza de que o fim é certo,
que incerto é viver.
Vivemos com a descrença da vida pós-morte,
pois morte é morrer.
Vivemos a espera do que nunca chega;
não esperar é descrer...

Vivemos de sonhos inalcançáveis,
buscá-los é vencer.
Vivemos de nossas próprias migalhas
do pão do amanhecer.
Vivemos refazendo novas leis
e a lei proíbe envelhecer.

Morremos sem arriscar tudo
arriscar é coisa de louco!
Morremos sem dizer te amo,
amar é para poucos...
Morremos de coração oco

Coração porco
Coração oco...

Um comentário:

  1. Muito boom, adorei! visita: http://mundoencantadosz.blogspot.com/ obg :D

    ResponderExcluir