quarta-feira, 11 de agosto de 2010

Folha em branco



Nessa folha em branco
Eu procuro sentido aos pensamentos
Vagos, confusos
Que tentam se fazer entender

Então acendo uma vela
Pego uma caneta
E me permito me ouvir
Me sentir

Ficar um pouquinho comigo mesma
Para me descobrir um pouquinho mais
Quem sabe até
Achar respostas

Pras minhas perguntas mais banais?

4 comentários:

  1. adorei!É exatamente assim que me sinto qando sento para escrever.Boa boite!

    ResponderExcluir
  2. Um bom rito para seguir..
    as vezes precisando de uma paz espiritual para abrir novos caminhos na nossa mente.
    Visita o meu e deixe seu comentario sobre a polêmica MACONHA. Gostaria da sua opinião.
    Bjos

    ResponderExcluir
  3. Lindo seu testo, vc está de parabéns

    ResponderExcluir